Sul Africanos poderão voltar a vida pública

Sul Africanos poderão voltar a vida pública

Sul Africanos poderão voltar a vida pública – O Presidente Cyril Ramaphosa advertiu que a África do Sul deverá enfrentar um avultado aumento de contágios por covid-19 à medida que a vida pública for retomada.

“Não seremos diferentes. Podemos e devemos esperar que as infecções aumentem à medida que mais pessoas regressem ao trabalho. Precisamos aceitar a realidade e adopta-la”, sublinha o Estadista no seu boletim semanal emitido às segundas-feiras.

A próxima fase de resposta nacional é tanto sobre a continuidade, quanto a mudança ou inovação.

“Vamos intensificar o nosso programa de triagem, testagem e gestão de casos. Introduziremos novas medidas para tornar o rastreamento de contactos

mais eficaz. Precisamos implementar em massa os cuidados de sanidade nos postos de trabalho, transportes públicos e outros espaços”, reafirma o Presidente na sua nota a que Angop teve acesso.

Sul Africanos poderão voltar a vida pública
FOTO-EURONEWS

Para a defesa da vida pessoal e dos que estiverem ao redor, estas medidas devem ser tomadas. É vital que todos os sul-africanos mantenham esse firme senso de responsabilidade, acrescenta o Estadista.

Desde o início do confinamento a 27 de Março passado, a maioria dos cidadãos  observou os regulamentos vigentes para a sua própria saúde e segurança, lembrou.

“Em tudo o que fazemos nas esferas da vida, devemos cuidar de nossa própria saúde e da dos outros. Seja como indivíduos, governo, empregadores, funcionários, sindicatos, empresas e sociedade civil, todos continuaremos a ter um papel a desempenhar no combate à pandemia”, adverte o líder sul-africano.

Especialistas de saúde no mundo estão a alertar para uma “segunda onda” de infecções com o retomar da vida pública. Vários países, incluindo a Alemanha, o Irão e a China, assistiram a uma elevação nos contágios desde que suavizaram certas restrições, pontualizou Ramaphosa.

Sul Africanos poderão voltar a vida pública
Foto – News Medical

A África do Sul está a observar o nível “4” do confinamento nacional desde o passado dia 1 de Maio último.

 

FONTE: ANGOP

356

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: