Um click para o muno das notícias! » Destaque » Tentativa de assassinato de “Nini Satar” Tribunal Judiacial da Machava marcou julgamento para o dia 20 de Abril na “B.O”

Tentativa de assassinato de “Nini Satar” Tribunal Judiacial da Machava marcou julgamento para o dia 20 de Abril na “B.O”

 O Tribunal Judicial do Distrito da Machava, na província de Maputo, marcou para o próximo dia 20 de Abril corrente, o arranque da audiência de discussão e julgamento do caso da tentativa de assassinato de Momade Assif Abdul Satar, vulgo,  Nini Satar.

 Segundo escreve a publicação “Integrity – Moçambique”, na sua edição deste domingo, 09 de Abril, o juiz Lucílio António Nhanombe, determinou o arranque do julgamento e no banco dos réus do processo n° 2059/2022, estarão José Júnior Ngulele e Edson Evaristo Dinis Muianga, que têm como advogado, Celso João Rogério Estevão Tuto.

Mas também, os outros arguidos são: Leão Albino Wilson, Damião Eugénio Mula e António Fernando Chicuamba, este último que será representado por um defensor oficioso já indicado – Messias Miambo.

 Segundo consta no despacho de pronúncia, os arguidos em questão estão a ser acusados de tentativa de assassinato de Nini Satar, plano este que viria a ser abortado quando um dos reclusos, supostamente contratado para executar a melindrosa, abriu o plano para um recluso que prontamente comunicou ao sector de inteligência e este à Direcção máxima do SERNAP. Foram interceptadas chamadas que eram alegadamente feitas por membros da Unidade de Intervenção Rápida (UIR) que nos áudios que viriam a vazar e diziam estar a agir a mando de grandes figuras do aparelho do Estado moçambicano.

Nini Satar, foi condenado por ter participado no assassinato do jornalista, Carlos Cardoso, a 22 de Novembro de 2000.

Fonte:Canalmoz

Jornal Visão Moçambique. 2024 © Todos os direitos reservados.