Tribunal manda para casa pai que confessou abusar das filhas

Confessou ter abusado das filhas quando elas tinham 12 e 13 anos, na Ilha Terceira, nos Açores e só passados três anos é que uma delas decidiu denunciar o pai, de 60 anos, que foi agora detido pela Polícia Judiciária (PJ) e confessou os crimes.

Levado a tribunal para aplicação de medidas de coação, um juiz de instrução decidiu deixá-lo em liberdade, sem qualquer proibição de contactar as filhas. Voltou para casa.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, as menores, hoje com 16 e 17 anos, foram vítimas dos abusos separadamente, no local de trabalho do pai, uma oficina de mecânica, durante o verão de 2017. Depois de uma dezena de situações, parou e nunca mais se terá aproveitado das menores.

573

Capa da Semana

Primeira Página em 60 Segundos - Jornal Visão Moçambique

Anuncie aqui – 872007240

PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
%d blogueiros gostam disto: