UEM inaugura primeiro Centro de Treinamento em Radioterapia

UEM inaugura primeiro Centro de Treinamento em Radioterapia

Este é o primeiro em Moçambique e o segundo na região Austral de África. Avaliado em cerca de 900 mil dólares desembolsados pelo Governo da Suécia o centro foi construído para apoiar a testagem, calibração e comissionamento dos equipamentos e na formação dos formadores, entre outros.

O apoio sueco à Universidade Eduardo Mondlane (UEM) é destinado a fortalecer a criação do conhecimento científico e para melhoria na contribuição da pesquisa e inovação para o desenvolvimento de Moçambique.
Orlando Quilambo Reitor da mais antiga instituição de Ensino Superior de Moçambique, disse na ocasião que o centro de radioterapia-CTR oferece a oportunidade de treinar técnicas para providenciar serviços de manutenção preventiva de aceleradoras lineares clínicas tendo em consideração às condições em África, manter uma reserva de peças sobressalentes com ênfase para peças de acelerados instalados em África.

Orlando Quilambo acrescentou que este centro é importante porque a excepção da África do Sul a indisponibilidade deste tipo de serviços situa-se na ordem dos 30%, o significa que Moçambique está distante de padrões observados nos países de alta renda onde a taxa está próxima de 100%.
“Assumindo que África e de um modo particular na África subsariana a disponibilidade dos equipamentos de radioterapia representa ainda um enorme desafio, este centro constitui uma conquista rumo a expansão dos serviços de radioterapia no país de uma forma particular e em africa, isto significa que mesmo com centro localizado em Moçambique a extensão do seu alcance inclui todo continente africano”, disse Quilambo.

O reitor da UEM acrescentou que as necessidades para o treinamento, manutenção e reparação de aceleradores lineares que o centro recebeu mostra que foi acertada a decisão desde a instalação na UEM.

Orlando revela que a inauguração do Centro representa uma conquista que se considerada à cronologia dos acontecimentos que marcaram as diferentes fases de sua constituição. Com efeito, as negociações iniciais para instalação deste Centro decorreram entre os anos 2012-13 ao abrigo de um acordo e cooperação entre a UEM Moçambique, Ministério da Saúde e o hospital Experts Group(Áustria).

Ainda na sua intervenção o reitor disse que o facto das infraestruturas possuírem peças de reposição e originais para aceleradores fabricados pela VARIAM ONCOLOGY , reforçará a capacidade e ajudará bastante a melhorar a disponibilidade e sustentabilidade de aceleradores lineares na região Africana.

Amisse Mose do Centro de Treinamento de Radioterapia disse que o centro foi concebido para fazer treinamento de Oncologista, área que lida com este tipo de equipamentos, porque uma vez usado de forma inadequada o mesmo estraga e não tem como reparar, por isso é necessário que estes profissionais sejam treinados de modo a fazer um melhor manuseio.

O Centro foi erguido com o apoio dos Governos da Suécia, Bélgica e da Áustria e visa a capacitação de físicos, médicos, engenheiros, oncologistas e radiógrafos a nível nacional, regional e internacional, que operam ou planeiam instalar equipamentos sofisticados de radioterapia. A formação cobrirá todos os aspectos de tecnologias de Aceleradores Lineares Clínicos (CLINAC) e fornecerá oportunidade para a realização de trabalhos práticos sobre este equipamento.

1.495

Perfil do Editor

Angélica Miranda Rodrigues João
Angélica Miranda, nome profissional e mais conhecido nos meandros do Jornalismo, é uma jovem moçambicana formada em Jornalismo e Comunicação pelo Instituto Técnico de Moçambique entre os anos 2016 e 2018.
Começa a escrever e fazer o jornalismo na prática a 08 de Janeiro de 2018 na rádio Voz Coop como Estagiária e segue para uma outra fase na colaboração com o Semanário Jornal Visão, escrevendo matérias de relevo relacionadas com Economia, Saúde, Gênero e Mulher. Enquanto isso, Angélica Miranda continuou na aprendizagem sobre Rádio e chega a produzir um programa sobre trânsito no qual privilegiou o contacto directo com os automobilistas colocando temas em debate semanais.
Da produção deste programa torna-se no princípio de 2019 Chefe de Redacção da Rádio Voz Coop onde passa a colaborar na produção de conteúdos radiofónicos virados para notícias, reportagens e programas diversos.
Atualmente é colabora invicta do Jornal Visão, semanário que virou febre aos olhos dos moçambicanos pois é produzido por uma equipa completamente e 100% jovem, inovadora e dinâmmica.

Angélica Miranda, nome profissional e mais conhecido nos meandros do Jornalismo, é uma jovem moçambicana formada em Jornalismo e Comunicação pelo Instituto Técnico de Moçambique entre os anos 2016 e 2018. Começa a escrever e fazer o jornalismo na prática a 08 de Janeiro de 2018 na rádio Voz Coop como Estagiária e segue para uma outra fase na colaboração com o Semanário Jornal Visão, escrevendo matérias de relevo relacionadas com Economia, Saúde, Gênero e Mulher. Enquanto isso, Angélica Miranda continuou na aprendizagem sobre Rádio e chega a produzir um programa sobre trânsito no qual privilegiou o contacto directo com os automobilistas colocando temas em debate semanais. Da produção deste programa torna-se no princípio de 2019 Chefe de Redacção da Rádio Voz Coop onde passa a colaborar na produção de conteúdos radiofónicos virados para notícias, reportagens e programas diversos. Atualmente é colabora invicta do Jornal Visão, semanário que virou febre aos olhos dos moçambicanos pois é produzido por uma equipa completamente e 100% jovem, inovadora e dinâmmica.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

One thought on “UEM inaugura primeiro Centro de Treinamento em Radioterapia

Comments are closed.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: