YOLA SEMEDO e sua banda em Maputo para um espectáculo ao vivo

0

Milhares de pessoas apaixonadas pela música tropical, estarão bem alimentadas na Sexta-feira, 19 de Maio, com a realização de um espectáculo onde Yola Semedo, é figura de Cartaz, no centro da cidade de Maputo. São também figuras de cartaz Stefânia Leonel, Euridse Jeque, Calisto Ferreira e Twenty Fingers.

Todas as condições estão criadas para uma noite memorável. O evento, segundo os organizadores, surge para criar um intercâmbio entre os artistas moçambicanos e angolanos bem como tornar a cultura destes dois países africanos apreciável e cativante.

A produção do evento que teve um trabalho árduo na escolha dos artistas, revela que perto de quatro mil pessoas poderão ver o espectáculo de Yola Semedo e Twenty Fingers, que durante a conferência de imprensa trocaram palavras rumo a festa de Sexta-feira no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano.

“Nos conhecemos há muito tempo, porém não havíamos tido essa oportunidade de nos ver pessoalmente, na verdade, já fazíamos muitas brincadeiras pelo Instagram e hoje temos a oportunidade que dividir o palco, espero que seja uma experiência memorável”, disse Yola quando questionada sobre a conversa chegada com Twenty Fingers.

Em resposta aos jornalistas, Twenty Fingers, deu sua versão sobre a aproximação com Yola Semedo.

“Será um show muito bonito e convido a todos os moçambicanos para que se façam presentes, que não será em vão. Vale referir que já fazia muito que queria ver e dividir o palco com a Yola, uma das grandes vozes angolanas”, disse em pranto de elogios o artista moçambicano.

“Escolher artistas para esse concerto não foi nada fácil, digo sempre aos meus amigos produtores que no nosso país que não temos muitos artistas por isso digo que temos que ter mais artistas que trazem músicas de qualidade para sejam também escolhidos, neste concerto levei os meus da Beira que estão no cartaz, a segurança está 100% garantida teremos muitos agentes fora e dentro do espaço tudo isso para garantir a segurança dos nossos convidados, temos mais de 80% dos bilhetes já vendidos e área VIP está esgotada”, disse Nicolas.

Os portões para este concerto abrem antes do meio-dia no centro de conferências Joaquim Chissano na cidade de Maputo e os artistas actuam depois das 18h.

O parceiro oficial BCI afirma que iniciativas destas ainda devem ser esperadas, pois, o objectivo é continuar a lutar para que a cultura do país seja reconhecida.

Jornal Visão Moçambique
Author: Jornal Visão Moçambique

Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *