CNJ REÚNE SEUS ÓRGÃOS PARA PLANIFICAR O PRÓXIMO QUINQUÉNIO » Jornal Visão

CNJ REÚNE SEUS ÓRGÃOS PARA PLANIFICAR O PRÓXIMO QUINQUÉNIO

O encontro de dois dias visava olhar para as acções a ser levadas a cabo no próximo quinquénio e não só. Este é o primeiro encontro organizado pela nova presidente do Conselho Nacional da Juventude, Emília Chambal.

A Líder do maior movimento juvenil de Moçambique, falando ao Jornal Visão, contou que foi importante organizar a efeméride que serviu para a troca experiências daquilo que adquiriram e realizaram no seu mandato para que   consigam concretizar o seu plano de actividade enquanto procuram alguns parceiros para o efeito.

Emília disse ainda que já tem um plano de actividades que vai nortear durante o ano em curso enquanto terminam de compor o seu plano estratégico.

“O debate dos jovens é a saúde, o trabalho digno e habitação, razão pela qual o CNJ face  a esta situação para procurar soluções pois os jovens devem ser dinâmicos e trabalhar mais com os jovens na criação de empregos” referiu a presidente.

Com o aumento de números de casos da covid-19 os jovens devem precaver-se da mesma e massificar a disseminação de informação sobre as medidas de prevenção.

Para Emília Chambal, o encontro realizado entre quinta e sexta-feira(28 e 29) é positivo pois com a actual situação do país, não foi fácil cada presidente da província deixar o seu local de residência.

Ernesto Zalane , Presidente do CNJ na província de Inhambane  disse que espera sair com o plano de actividades feito e com parceiros. Zalane disse estar satisfeito pois todos concordaram com os propósitos do evento . “Os desafios do CNJ são vários, mas o que está em destaque é o empoderamento da Juventude tendo em conta que os jovens são a agenda do governo”, disse Zalane.

Por outra, Zalane disse que mesmo com a covid-19, as actividades da organização não pararam na província de Inhambane sendo feitas tendo em conta todas as medidas de prevenção porém nem todo o plano de actividade sai conforme planeado devido as limitações criadas pela pandemia.

Estevão Neves , Presidente do CNJ na Província da Zambézia , afirmou que saiu satisfeito pois foram abordado assuntos em prol da juventude e o passo seguinte é transmitir esses valores aos jovens dá sua província. ”Na província da Zambézia a planificação será feita de acordo com as medidas emanadas pelo Chefe de Estado e cabe a Juventude não retroceder devido a pandemia”, rematou Neves.

“É importante envolver o jovem a estar atento sobretudo para aquilo que está a acontecer em relação ao Coronavírus”, frisou o Estêvão Neves.

O Conselho Nacional da Juventude é o órgão de coordenação das associações juvenis, de âmbito nacional, desta feita é interlocutor destes com o Estado e outras entidades públicas e privadas nacionais e estrangeiras.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: