SITUAÇÃO HUMANITÁRIA NO PAÍS: PMA quer maximizar mais apoios aos deslocados de cabo delgado

O Programa Mundial para Alimentação (PMA) reafirma a sua disponibilidade em continuar a cooperar com o Governo Moçambicano, na assistência humanitária às vítimas do terrorismo e calamidades naturais.

A garantia foi dada esta Segunda-feira (15) na cidade de Maputo, pelo Sub˗Secretário Geral das Nações Unidas e director Executivo do (PMA) David Bisley durante o encontro com a Ministra dos negócios Estrangeiros e Cooperação Verónica Macamo.

David Bisley
David Bisley

O dirigente máximo do Programa Mundial para Alimentação referiu que cerca de Um Milhão e Meio de deslocados beneficiam actualmente da assistência humanitária diária no Norte do país.

Bisley espera abranger ainda mais pessoas. O dirigente daquele organismo humanitário, classificou ainda por excelentes às relações de amizade e cooperação com o executivo moçambicano.

nyusibeasleynot
nyusibeasleynot

Na ocasião a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Verónica Macamo destacou a importância na assistência contínua à População Vulnerável no país.ʽʽFalo do número que está a crescer, porque as pessoas têm receio de permanecer nas suas zonas, mas efectivamente podemos dizer aqui graças ao vosso apoio, temos mitigado o sofrimento da população, a situação não é tão simples. Ainda recentemente tivemos que fazer um apelo para haver reforço em termos de alimentos e não sóʼʼ terminou Verónica Macamo Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.

Para além de encontros com membros do Executivo moçambicano Bisley, vai se deslocar a Província de Cabo Delgado para acompanhar às acções de assistência no terreno. Trata˗se da Segunda Visita a Moçambique depois da anterior realizada em 2019 na Sequência do Ciclone Idai no Centro do País.

 32 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.