ODETE MUCUMELA DESTACA O PAPEL DA MULHER NO CULTIVO DA TERRA NO PAÍS » Nacional » Jornal Visão

ODETE MUCUMELA DESTACA O PAPEL DA MULHER NO CULTIVO DA TERRA NO PAÍS

O sentimento foi expresso esta quarta-feira feira no Distrito de Marracuene, Província de Maputo, durante a auscultação de mulheres camponesas, com objectivo de reflectirem sobre a lei da política nacional de terras.

Segundo Odete Mucumela Membro da Comissão de Revisão da Política Nacional de Terras, o lançamento deste processo pelo Presidente da República visa garantir o acesso a terra pela mulher, ʽʽnós sabemos que a nível nacional quem cultiva a terra é a mulher e ela que é quem cultiva os alimentos da terra e é preciso que esta camada participe activamente neste processo. Estando aqui com elas as contribuições que colhi, vão reflectir esse aspecto na cultura política e na futura lei de terras”, disse Odete

A palestrante referiu que a adesão desta revisão por parte das comunidades está a ser acolhida pela positiva, ʽʽlogo à partida envolvemos elas no processo e também envolvemos ás autoridades locais e líderes comunitários e os órgãos de representação de estado, que é para elas apoderarem-se do processo, porque o processo tem que ser equilibrado e participativo, então, tem que haver uma participação de toda comunidade e de todo cidadão moçambicano, porque mexer uma lei é mexer uma revisão política, ela tem que reflectir todos os anseios de todos moçambicanos,  as classes camponesas, grupo de jovens, mulheres, homens, grupos vulneráveis que é para termos uma lei reflectida com todos os anseios da comunidade e de todos os cidadãos”, frisou a Odete.  

Por outro lado a nossa equipe de reportagem ouviu algumas mulheres auscultadas onde revelaram que estão satisfeitas com o processo porque conseguiram expressar e dizer aquilo que é o sentimento para poderem resolver alguns aspectos na lei de terra em Moçambique. Contudo, as mulheres esperam ver ultrapassada a questão da usurpação de terra a nível nacional, porque ʽʽquem sofre mais com a usurpação de terra é a mulher porque ela preocupa-se todos os momentos a procura de comida para pôr no prato, para servir os nossos familiares, então, se nós perdemos a terra significa que estamos a perder a nossa actividade, nossos familiares, isso nos queremos que isto seja acautelado e não aconteça mais depois dessa revisão”, ressalvam.

 

Nesta Auscultação participaram cerca de 24 Mulheres Campesinas provenientes de todo o país.

 

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: