Em Ressano Garcia: Menor de cinco anos morre sufocado na fila » Jornal Visão

Em Ressano Garcia: Menor de cinco anos morre sufocado na fila

Em Ressano Garcia: Menor de cinco anos morre sufocado na fila

Relatos chegam a nossa equipa de Reportagem através de emigrantes que estão agastados com as fileiras de viaturas que nunca se movimentam para a entrada na vizinha África do sul. São cerca de três a quatro dias que estes levam para atravessar a fronteira. De acordo com as vítimas, há uma má gestão do líder das forças conjuntas que estão a trabalhar de modo a monitorarem a situação e grita-se o nome de Osvaldo Correia.

“Perdemos uma criança na quarta-feira devido ao calor. Nunca aconteceu algo igual, atravesso todos os anos. Não sabemos o que aconteceu para tirarem o Osvaldo Correia da liderança porque com ele isto nunca aconteceu. Sabemos que os chefes e as suas famílias estão bem mas nós estamos a sofrer. Preciso de regressar e há riscos de perdermos o emprego. Que tragam Osvaldo Correia de volta” – desabafou Castro Muamba á nossa equipa de Reportagem.

Outros acusam o actual chefe das operações de estar a ganhar dinheiro clandestino se aproveitando da situação.

” Creio que o chefe das operações deve estar a ganhar algo com isto. Há viaturas que passam escoltadas e entram entra na África do sul. Nós estamos aqui há quase uma semana. Nem água para bebermos não temos. Mesmo banho estamos há dias sem saber o que é molhar o corpo. Vinte litros de água custam 300 meticais, a comida está cara. De onde é que tiraremos o dinheiro? O governo não nos ajuda em nada. Estamos a sofrer” – disse mais um dos emigrantes. É uma situação lamentável. Crianças choram de sede e fome, os seus pais estão sem meios para ajudá-las, o governo continua no silêncio, o trabalho no terreno é fraco. Há que se pensar nas vidas inocentes que se perdem. Uma criança que a sua viagem foi adiada pela morte”.

Até á saída da nossa equipa de Reportagem não havia sinal de melhorias. Eram choros, outros temem perder emprego e outros clamam pelas vidas humanas. Há maior risco da propagação da doença(covid-19), as medidas de prevenção ao Corona vírus foram descartadas.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: