google.com, pub-7868974546359612, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-7868974546359612, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Moçambique desce para 17,5% da taxa de Desemprego

A taxa de desemprego estimada para Moçambique desceu de 20,7% em 2014/15 para 17,5% em 2019/20, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), que reconhece limitações na medição dada a prevalência de actividades informais e de subsistência.

Por outro lado, na medição considera-se empregado quem tenha tido trabalho remunerado durante “pelo menos uma hora nos sete dias anteriores” ao estudo, o Inquérito sobre Orçamento Familiar 2019/20,  consultado pelo VISÃO.

“A taxa de desemprego apresenta um comportamento decrescente”, sem “diferença significativa” entre homens e mulheres, mas com contrastes geográficos: na área urbana é de 28,9% contra 11,4% em zonas rurais, lê-se no relatório final.

Maputo Província e Maputo Cidade registam as mais elevadas taxas de desemprego ao nível do país, com 31,6% e 37,1%, respectivamente”, sendo que, do lado oposto, a taxa de desemprego mais baixa “regista-se na província da Zambézia, na ordem de 10,7%”.

A medição do desemprego “tem sido muito difícil nas condições sócio-económicas dos países em desenvolvimento”, lê-se no relatório, tendo em conta a “maior intensidade de actividades económicas de carácter informal e, também, pelo facto de a maioria das pessoas, mesmo que não tenha posto de trabalho, ter de praticar alguma actividade para sua subsistência”.

O estudo considerou como população desempregada todas as pessoas de 15 anos ou mais sem ocupação, trabalhadores ocasionais, trabalhadores por conta própria sem empregados e sem trabalho regular e trabalhadores familiares sem remuneração.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *