NYUSI AUTORIZA RETOMA DE CULTOS PRESENCIAIS EM MOÇAMBIQUE

O Presidente Moçambicano Filipe Nyusi autorizou Ontem(Domingo, 25) a retoma dos cultos presenciais em Moçambique, destacando que todas as confissões religiosas devem usar apenas 30% da sua capacidade máxima respeitando as normas sanitárias previamente anunciadas.Nyusi, mesmo depois de ter anunciados esta e outros medidas frisou que os líderes religiosos devem ser vigilantes e servirem de exemplo no cumprimento da lei para que o país não assista o mesmo episódio verificado nos primeiros dois meses do ano em curso.

Várias cidadãos que receberam as notícias pelas redes sociais, congratularam a medida do Estadista Moçambicano, afiançando que esta foi “Sábia”, pois sem Deus não há nada no mundo.

A Retoma de cultos presenciais após 2 meses de inibição em Moçambique é o destaque das notícias que marcam o início da última semana de Abril de 2021. Não obstante a esta medida, o Estadista moçambicano, referenciou que cada congregação pode ocupar 30% da sua capacidade nas capelas respeitando as medidas sanitárias já anunciadas nomeadamente o distanciamento físico de 1,5 metros ou 2 metros, lavagem regular das mãos com água e sabão, desinfecção das mãos com álcool em gel ou outros produtos devidamente recomendados e o uso obrigatório da máscara, bem como evitar aglomerações desnecessárias e proibidas por lei.
As medidas entram em vigor às Zero hora do dia 27 de Abril em curso com duração de 30 dias. O destaque desta comunicação à nação do Presidente Moçambicano vai para abertura das igrejas e o aumento das cidades que passam a cumprir o recolher obrigatório.

 9 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.