Tóquio 2020: tufão leva ao reagendamento do remo e ameaça outras provas

Tóquio poderá ser atingido no início da próxima semana pelo tufão Nepartak, situação que poderá perturbar a realização de algumas das provas dos Jogos Olímpicos e que levou já ao reagendamento do remo por precaução, revelou hoje a organização.

Segundo a Agência Meteorológica japonesa, o tufão Nepartak, que tem rajadas previstas até 90 km/h e está classificado no nível oito, está ainda a cerca de 1.800 quilómetros da cidade-sede dos Jogos Olímpicos, mas deverá chegar à capital nipónica na Terça-feira.

Esta situação já levou a ‘mexidas’ no calendário de algumas provas de remo, que decorrem até 30 de Julho, com a organização a reagendar as provas de Segunda-feira, mas a passagem do tufão pode ter implicações em mais modalidades.

“Ao contrário de um terramoto, nós conseguimos prever a trajectória de um tufão, o que nos permite estar preparados”, disse o porta-voz de Tóquio2020, Masa Takaya.

A temporada de tufões no Japão acontece entre Maio e Outubro, com pico nos meses de Agosto e Setembro. Em 2019, o tufão Hagibis obrigou ao cancelamento de três partidas da primeira fase do Campeonato do Mundo de râguebi.

 15 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.