2.ª Edição do Programa de Liderança em Economia Azul realiza-se em Julho

A 2.ª Edição do Programa de Liderança em Economia Azul (PLEA) realiza-se nos dias 6, 7 e 8 de Julho, em Lisboa. Esta acção de capacitação apresenta um plano curricular com visão 360 graus, que inclui a abordagem aos pilares do direito e da economia do mar; a caracterização dos sectores de actividade económica tradicionais e emergentes; a identificação dos desafios do oceano e das oportunidades da economia azul; e a partilha de metodologias de planeamento, gestão e inovação assentes na sustentabilidade e na regeneração.

O PLEA capacita pessoas e organizações para o aproveitamento económico das actividades tradicionais e emergentes da economia do mar sustentável. As actividades económicas referidas incluem as que ocorrem no oceano; as que ocorrem nas zonas costeiras e em águas interiores; e todas as que – independentemente da localização – actuam ou dependem de fileiras da economia do mar.

A sua concepção assenta no princípio de que o conhecimento é o motor da inovação e do desenvolvimento – potenciar o aproveitamento económico, social e ambiental do oceano, de forma sustentável, exige a capacitação de pessoas com o conhecimento e as ferramentas fundamentais.

A 1.ª Edição do Programa PLEA realizou-se em Abril 2022 e contou com a presença de participantes com diferentes perfis. Eunice Tavares de Melo, empresária e empreendedora com várias actividades económicas nos Açores, participou na acção e considera que “a actualidade dos temas apresentados e o ambiente aberto e colaborativo em que foram partilhados, criaram um espaço único para despertar novas e valiosas ideias para empreender na economia do mar sustentável”. João Azevedo, licenciado em gestão portuária e mestrando em Governação e Sustentabilidade do Mar (ISCTE), participou também e acrescenta:

O programa encontra-se extraordinariamente bem estruturado, englobando temas atuais e pertinentes para a exploração de um mar de ideias associadas à economia do futuro, a economia azul.”

O Programa de Liderança em Economia Azul inspira-se em três grandes pilares:

– Desenvolvimento sustentável (social, económico e ambiental) da economia do mar, de acordo com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas;

– Modelos económicos circulares e regenerativos; e

– Moldura de finanças e investimento sustentável (ESG).

A sua estrutura é modular e flexível, sendo possível participar em apenas 1 dia; em 2 dias; ou nos 3 dias previstos, de acordo com a disponibilidade e a relevância dos conteúdos para cada participante. O 1.º dia agrupa a caracterização da economia azul 3.0 e temas relacionados com o ambiente; o 2.º dia explora temas relacionados com o direito, regulação e gestão; o 3.º dia aborda temas relacionados com as pessoas e a definição, e implementação de estratégias de desenvolvimento.

Os participantes assimilam um sistema operativo azul que lhes permite ver com clareza e decidir com confiança – uma licença de “condução” azul – para gerir uma equipa ou região; avaliar um investimento; implementar um projecto; e/ou construir uma carreira. Cláudia Pires Cheio, licenciada em Ciências do Meio Aquático pela Universidade do Porto, com estágio na Agência Europeia da Segurança Marítima (EMSA), participou também na 1.ª Edição do Programa PLEA. Classifica a acção de capacitação como “Um programa holístico, integrado e cativante. Sem dúvida uma formação relevante para o contexto do nosso país e orientada para as mais prementes questões globais.”

373
Compartilhar isso

Comentários do Facebook