ABASTECIMENTO DE ÁGUA: GOVERNO DA PROVÍNCIA DE MAPUTO ENTREGA NOVA INFRAESTRUTURA NO DISTRITO DE MARRACUENE

Trata-se da localidade de Machubo no interior do distrito de Marracuene que na manhã deste Sábado recebeu um sistema de abastecimento de água potável, infra-estrutura orçada em 3 milhões e 300 mil meticais, financiados pelo Fundo Nacional de Energia (FUNAE).

A infra-estrutura irá beneficiar directamente cerca de Duas Mil pessoas num universo de 3.500 pessoas habitando o posto administrativo de Machubo.

“Não dormíamos devido a falta da água potável, éramos obrigados a acordar às 03:00H da madrugada para conseguir ir a machamba com pelo menos um pote de água”, relatam os moradores de Machubo.

Aqueles cidadãos, apontam que com a entrada em funcionamento do sistema de abastecimento de água hoje recebido, o cenário diferirá, “poderemos ter água a hora que quisermos”, completou um dos residentes.

Para além de água potável, os habitantes daquela zona pediram os serviços básicos de saúde e educação principalmente as escolas secundárias e maternidade. Aliás, segundo contam, a desistência escolar lhes preocupa, pois, há mais adolescentes e jovens que abandonaram a escola devido à distância e as condições sócio-financeiras em que vivem.

Em Marracuene não só água potável foi dada, mas também houve espaço para a inauguração de um Centro de Manutenção Física na vila sede do distrito.

O parceiro de implementação do projecto de ginásio em Marracuene, olha para a infra-estrutura como um espaço oportuno para a união das pessoas, pois segundo conta, “o desporto é um grande mentor na união de pessoas, é no ginásio onde conversam, trocam experiências bem como aumentam a produtividade em locais de trabalho”.

Júlio Parruque, governador da província de Maputo, que visitou o distrito de Marracuene e testemunhou a entrega destas infraestruturas, esteve naquele local para aferir o nível de engajamento e de apropriação pelos diferentes actores dos ditames do novo modelo de governação descentralizado.

Para além de verificar as condições objectivas em que o desenvolvimento se processa, no contexto do cumprimento do Plano Económico e Social do Conselho Executivo Provincial e avaliar o grau de implementação das medidas de prevenção e combate a Covid-19, o Governador visitou alguns pontos do distrito onde manteve um diálogo com a população ouvindo suas preocupações.

Durante a conversa com a população de Bobole ao Norte do distrito de Marracuene, estes apontaram que gostariam de ver requalificado o mercado local, pois aquele ponto de trocas comerciais com mais de 30 vendedores tem sido motivo de perda de vidas humanas por acidentes de viação, pois se pratica muito a venda informal ao longo da Avenida de Moçambique.

“O comércio periga muitas vidas pelo facto de estar ao longo da N1 e os acidentes do tipo atropelamento são muito frequentes”, relatam.

Em resposta a esse problema, Parruque avançou que o seu governo não dorme com tranquilidade devido ao estado que Bobole se encontra e indicou que o bairro tem a responsabilidade de garantir que o desenvolvimento local se processe com exactidão.

A fonte apelou que a comunidade em particular os comerciantes do mercado Bobole devem continuar a apostar na prevenção da Covid-19, fazendo valer o trabalho realizado no ano anterior pelo Governo Provincial.

Refira-se que a visita iniciada Segunda-feira, termina hoje (Sábado dia 12).

 52 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.