ÁFRICA DO SUL: Agentes da polícia detidos por agressão a um cidadão até a morte

Dezasseis agentes da polícia foram presos pela morte de um civil devido a suposta agressão enquanto ele estava sob custódia policial em 2020. O homem foi preso e detido numa Esquadra da polícia de Lenasia, em Joanesburgo, por supostamente violar os regulamentos de bloqueio do Covid-19.

A Direcção Independente de Investigação da Polícia (IPID) prendeu os agentes, incluindo três seguranças, ontem e hoje (terça e quarta-feira).

A porta-voz do IPID, Lizzy Suping, disse à imprensa sul-africana que outras conclusões apontam que o homem morto e outros três civis presos por violar a Lei de Gerenciamento de Desastres durante a Covid-19, foram agredidos por polícias de Soweto Visible Policing e guardas de segurança da empresa VSS.

679
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.