CONSELHO EXECUTIVO PROVINCIAL REALIZA I REUNIÃO COM O SECTOR PRIVADO 

O Governador da Província de Maputo, Júlio Parruque, coordenou na última sexta-feira, 08, no município de Boane, a 1.ª Reunião do Conselho Executivo Provincial com o Sector Privado.

Durante o evento, o Governador da Província de Maputo, revelou que aquela jurisdição, só no primeiro semestre de 2021, teve uma produção global valorada em pouco mais de 106 milhões de meticais, o que corresponde a uma realização de 36, 6% e um crescimento de 10,3%.

Para o período em análise os sectores que mais contribuíram foram os do ramo da indústria Transformadora, Agricultura e Transportes, armazenagem e Comunicação, com 32,8% e 19,1% respectivamente.

Parruque saudou o sector privado pela forma como aderiu à 56.ª Edição da Feira Internacional de Maputo – FACIM, colocando a província de Maputo como a montra do país e vencedora da categoria de melhor província Expositora, demonstrando que é o lugar certo para investir, viver, ser e estar.

O Governante convidou o sector do privado a apostar na melhoria do ambiente de negócios cada vez mais competitivo e contribuir para o crescimento económico e, consequentemente para a geração de mais postos de trabalho e renda para a população em particular para os jovens.

Júlio Parruque encoraja o sector privado a promover uma advocacia para construção de um ambiente de negócios atractivo, de modo a continuar com projectos económicos na busca de soluções coordenadas com o Conselho Executivo da província de Maputo.

Não obstante, o Governador da província de Maputo, instou os empresários daquela parcela do país, a abraçarem e promoverem o aumento da produção e produtividade, e do consumo interno. “Os empresários devem capitalizar as experiências que cada um tem para manter a província de Maputo como a fábrica do país”, frisou.

A reunião com o sector privado ocorre no novo modelo de governação descentralizada, que tem como objectivo, organizar a participação da população na solução dos problemas próprios e na promoção do desenvolvimento local.

 70 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.