Dívidas Ocultas: Na minha família a empresária é minha esposa

Gregório Leão começa a inventar motivos para não responder às perguntas do Ministério Público(MP).

“Seja mais objectiva, porque vamos levar mais tempo. Vamos aonde com isso? Aonde vamos chegar com isso?”

Se bem entendi o senhor Gregório não tem nenhuma relação empresarial com o senhor Cipriano Sisínio Mutota, não obstante ele ter pedido autorização para constituir uma empresa.

Daquilo que acompanhei houve um outro funcionário da instituição que me falaram não me recordo o nome agora, mas dada a posição que ele ocupava preferiu não entrar no negócio, mas a minha esposa Ângela como empresária, antes de nos casarmos ela já era empresária, fazia seus negócios e a nossa relação desde então, antes de ser director-geral do sise eu disse não vou me imiscuir nos seus negócios e você também não entra nos meus. Nunca em nenhum momento ela interferiu nas minhas actividades. Nunca lhe exigi nenhum relatório e ela também e nunca lhe pedi nada. Nunca me meti nos negócios dela.

O que me colocou na cadeia são as dívidas. Quero falar aqui sobre as dívidas.

Quando o MP está a falar da MULEPE está a falar sobre as dívidas. Porque a MULEPE está envolvida nas dívidas ocultas. Aqui é para confirmar sobre toda a prova que se recolheu na prova indiciária se é verdadeira prova.

 

325
Sobre o autor: Redacção do Jornal Visão Moçambique
Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: