Dívidas Ocultas: Abdul Gani começa a opinar e o juiz manda este provar com base na Lei

Durante ainda as interrogações do réu Gregório Leão José, o Advogado de defesa Abdul Gani, terá contestado que o MP não deveria confrontar o seu constituinte com os documentos de depoimentos feitos no momento de da instrução preparatória do processo.

Gregório Leão José diz que não conhece Bruno Langa, Armando Ndambi Guebuza, Teófilo Nhangumele e outros alheios ao SISE. Mas em contrapartida respondeu que não sabe porque Teófilo Nhangumele estava no projecto de Protecção da Zona Económica Exclusiva, acrescentando que o SISE pode buscar qualquer cidadão para fazer algum trabalho lá.

“Não fui eu que lhe convidou, o Teófilo não sei quem o convidou. Sim não sei”. É assim numa das apresentações, do comando conjunto, havia técnicos sempre, cada instituição trazia seus técnicos, eu não conheço os técnicos de várias instituições. Mas eu perguntei ao António Carlos do Rosário para dizer de quem era Teófilo. A resposta foi de que havia viajado na primeira missão mas o Teófilo havia viajado numa segunda missão. Então numa reunião perguntei ao chefe do Comando conjunto se era da Monte Binga e ele nem sabia. Depois foi me dito que foi à convite da de Mutota algo nem ele sabia, foi quando perguntei Porque o Teófilo estava ali? E depois o director do comando conjunto disse numa das reuniões que quem não era do SISE devia se retira. O chefe do Comando Conjunto comunicou que era o Ministro da Defesa na altura(Filipe Nyusi).

Quem pode explicar melhor é o Mutota como é que o Teófilo apareceu naquela reunião do comando conjunto. Não era problema que o Mutota estivesse nas reuniões porque era director do gabinete na altura.

MP: Diz que não sabe como o réu Teófilo chega as reuniões do comando conjunto?

Gregório Leão: Não. Não sei explicar.

Elísio de Sousa jurista afirma que o réu não está a colaborar

 

O Gregório Leão José acompanhou todo o processo. Repare que o MP fez uma apresentação para contextualizar…

 

 150 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.